Castelo de São Jorge

Parte I

Vê-se ao longe os muros do Castelo. Está no topo da colina e é um ícone, encrustado, dividindo espaço com a cidade, com as várias Lisboas, de diferentes épocas, aspectos, formas e culturas. É sempre misterioso, cativa o olhar e é um convite à visita.

O visitante deve saber que vai encontrar um local muito belo e agradável, especial pela altura e pelas vistas que verá, no entanto, não vai encontrar um castelo montado e completo. O que sobraram são os muros e alguns pontos de interesse específicos. Ainda assim, vale a pena conhecer pelas suas características únicas e pela beleza que há ali dentro.

Parte II

Há um pequeno sítio arqueológico com algumas construções bastante antigas - até da Idade do Ferro - e um pequeno museu com diversos artefatos - nada muito excitante. O que chama mais atenção são os altos muros e a visão única de Lisboa. A visita ao local em si já justifica o passeio.

Parte III

Para chegar pode-se caminhar, fica a 15 minutos da Praça do Comércio (estação Terreiro do Paço - linha azul), pouco depois da Sé de Lisboa, mas como é uma subida isto pode ser um pouco cansativo para os despreparados. Pode-se pegar o elétrico 28 (bondinho) e descer próximo ao castelo, ou, em última ocasião, pegar um táxi, que vai te deixar na entrada.

Ah, espero que o leitor não tenha medo de altura!

Um comentário:

  1. Super legal esse lugar, André.
    Realmente dá um "friozinho na barriga" subir as muralhas.
    E também gostei do fundo musical, ficou bem bacana.

    ResponderExcluir

Receba as novidades em seu e-mail